Translate

type: Plain text
Along similar lines (and only in conjunction with `--test`, you can use `--force` to force a build of a Disabled application, where normally it would be completely ignored. Similarly a version that was found to contain ELFs or known non-free libraries can be forced to build. See also — _scanignore_ and _scandelete_ in the _Builds_ section.
SourceTranslationState
49
The first is the (unsigned) APK. You could sign this with a debug key and push it direct to your device or an emulator for testing. The second is a source tarball containing exactly the source that was used to generate the binary.
O primeiro é o APK (não assinado). Você pode assinar isso com uma chave de depuração e enviá-la diretamente para o seu dispositivo ou um emulador para teste. O segundo é um tarball de origem que contém exatamente a fonte usada para gerar o binário.
50
If you were intending to publish these files, you could then run:
Se você pretendesse publicar esses arquivos, poderia executar:
52
The source tarball would move to the `repo` directory (which is the directory you would push to your web server). A signed and zipaligned version of the APK would also appear there, and both files would be removed from the `unsigned` directory.
O tarball fonte se moveria para o diretório `repo` (que é o diretório que você enviaria ao seu servidor web). Uma versão assinada e zipaligned do APK também apareceria lá, e ambos os arquivos seriam removidos do diretório `unsigned`.
53
If you’re building purely for the purposes of testing, and not intending to push the results to a repository, at least yet, the `--test` option can be used to direct output to the `tmp` directory instead of `unsigned`. A similar effect could by achieved by simply deleting the output files from `unsigned` after the build, but with the risk of forgetting to do so!
Se você está compilando apenas para fins de teste, e não pretende enviar os resultados para um repositório, pelo menos, a opção `--test` pode ser usada para direcionar a saída para o diretório `tmp` ao invés de `unsigned`. Um efeito semelhante poderia ser obtido simplesmente excluindo os arquivos de saída de `unsigned` após a compilação, mas com o risco de se esquecer de fazer isso!
54
Along similar lines (and only in conjunction with `--test`, you can use `--force` to force a build of a Disabled application, where normally it would be completely ignored. Similarly a version that was found to contain ELFs or known non-free libraries can be forced to build. See also — _scanignore_ and _scandelete_ in the _Builds_ section.
Ao longo de linhas similares (e somente em conjunto com `--test`, você pode usar `--force` para forçar a construção de um aplicativo Desativado, onde normalmente ele seria completamente ignorado. Similarmente, uma versão que continha ELFs ou bibliotecas não-livres conhecidas podem ser forçadas a compilar. Veja também — _scanignore_ e _scandelete_ na seção _Builds_.
55
If the build was unsuccessful, you can find out why by looking at the output in the _logs/_ directory. If that isn’t illuminating, try building the app the regular way, step by step: android update project, ndk-build, ant debug.
Se a compilação não foi bem-sucedida, você pode descobrir porque, olhando para a saída no diretório _logs/_. Se isso não estiver esclarecendo, tente compilar o aplicativo normalmente, passo a passo: android update project, ndk-build e ant debug.
56
Note that source code repositories often contain prebuilt libraries. If the app is being considered for the main F-Droid repository, it is important that all such prebuilts are built either via the metadata or by a reputable third party.
Observe que os repositórios de código-fonte geralmente contêm bibliotecas pré-compiladas. Se o aplicativo estiver sendo considerado para o repositório principal do F-Droid, é importante que todos esses pré-compiladores sejam criados por meio dos metadados ou por uma terceira parte respeitável.
57
Running `fdroid build` in your app’s source
Executando `fdroid build` no fonte do seu aplicativo
58
Another option for using `fdroid build` is to use a metadata file that is included in the app’s source itself, rather than in a _metadata/_ folder with lots of other apps. The _.fdroid.yml_ metadata file should be in the root of your source repo.
Outra opção para usar o `fdroid build` é usar um arquivo de metadados incluído na fonte do aplicativo, em vez de em uma pasta _metadata/_ com muitos outros aplicativos. O arquivo de metadados _.fdroid.yml_ deve estar na raiz do seu repositório de fonte.
59
Once you have that setup, you can build the most recent version of the app using the whole F-Droid stack by running:
Depois de ter essa configuração, você pode criar a versão mais recente do aplicativo usando toda a pilha do F-Droid executando:
51
```bash fdroid publish ```
```bash fdroid publish ```

Loading…

Loading…

Glossary

Source Translation
application aplicativo
build compilação
disabled desativada

Source information

Flags
md-text
Source string location
build/_docs/md/Building_Applications.md
Comments
type: Plain text
Source string age
4 months ago
Translation file
po/_docs.pt_BR.po, string 54
String priority
Medium